Blog do Teixeira

Teixeira teve um bom aproveitamento em diversos cursos da área de WebDesign e WebMaster. Atualmente aposentado tem esse espaço para postar comentários, artigos, reportagens, pesquisas. Tudo que ache relevante para o debate e a livre expressão de opiniões.





                Em manutenção




Evangelho Cotidiano e Dominical
Todas as noites, às 00:01, essa página é atualizada com novos textos bíblicos e a oração do dia.
As leituras dos dias de semana como as dos domingos seguirão o Calendário Litúrgico (Ano Litúrgico - Paulinas).
Os textos bíblicos bem como a Oração do dia conferem exatamente com Missas celebradas no dia a dia. Diferenças podem ocorrer considerando os dias Santificados e Festivos que podem obedecer à tradição local.
Poderão ficar em branco o espaço do texto da Segunda Leitura que só é lida nos domingos e dias festivos, conforme Calendário Litúrgico.
Ler o Evangelho todos os dias não substitui a Missa celebrada pelos sacerdotes, com a participação das comunidades religiosas e fiéis. Contudo, os cristãos têm um guia seguro: o Evangelho. Dedicam-se à sua leitura, meditam-no, rezam e, nestes momentos de reflexão, Deus lhes revela o seu projeto e a sua vontade.                                              


Sinal da Cruz
Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Amém.

Gloria ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Evangelho Cotidiano e Dominical:Quarta-feira, 28 de Junho de 2017
Ano Litúrgico:2017 - A
Tempo Litúrgico:12ª Semana doTempo Comum

Próprio dos Santos/Ofício solene/Ofício festivo
Imaculado Coração de Maria e dia de Santo Irineu

Antífona da Entrada
Sl 12,6
Meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.


Oração do Dia
Ó Deus, que preparastes morada digna do Espírito Santo no Imaculado Coaração de Maria, concedei que, por sua intercessão, nos tornemos um templo da vossa glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Amém


Primeira Leitura
Gn 15,1-12.17-18
Leitura do Livro do Gênesis
Naqueles dias: 1O Senhor falou a Abrão, dizendo: “Não temas, Abrão! Eu sou o teu protetor e tua recompensa será muito grande”.
2Abrão respondeu: “Senhor Deus, que me darás? Eu me vou desta vida sem filhos e o herdeiro de minha casa será Eliezer de Damasco”. 3E acrescentou: “Como não me deste descendência, um servo nascido em minha casa será meu herdeiro”. 4 Então o Senhor falou-lhe nestes termos: “O teu herdeiro não será esse, mas um dos teus descendentes é que será o herdeiro”. 5E, conduzindo-o para fora, disse-lhe: “Olha para o céu e conta as estrelas, se fores capaz!” E acrescentou: “Assim será a tua descendência”. 6Abrão teve fé no Senhor, que considerou isso como justiça. 7E lhe disse: “Eu sou o Senhor que te fez sair de Ur dos Caldeus, para te dar em possessão esta terra”. 8Abrão lhe perguntou: “Senhor Deus, como poderei saber que vou possuí-la?” 9E o Senhor lhe disse: “Traze-me uma novilha de três anos, uma cabra de três anos, um carneiro de três anos, além de uma rola e de uma pombinha. 10Abrão trouxe tudo e dividiu os animais pelo meio, mas não as aves, colocando as respectivas partes uma frente à outra. 11Aves de rapina se precipitaram sobre os cadáveres, mas Abrão as enxotou.
12Quando o sol já se ia pondo, caiu um sono profundo sobre Abrão e ele foi tomado de grande e misterioso terror.
11Quando o sol se pôs e escureceu, apareceu um braseiro fumegante e uma tocha de fogo, que passaram por entre os animais divididos. 18Naquele dia o Senhor fez aliança com Abrão, dizendo: “Aos teus descendentes darei esta terra, desde o rio do Egito até o grande rio, o Eufrates”.
Palavra do Senhor.
Graças a Deus.


Salmo Responsorial
(Sl)1Sm 2,1-4-5.6-7.8abcd (R/ 1a)
RMeu coração exultou no meu Senhor, Salvador.
1Exulta no Senhor meu coração, *
e se eleva a minha fronte no meu Deus;
Minha boca desafia os meus rivais *
porque me alegro com a vossa salvação! R

4O arco dos fortes foi dobrado, foi quebrado, *
mas os fracos se vestiram de vigor.
5Os saciados se empregaram por um pão, *
mas os pobres e os famintos se fartaram.
Muitas vezes deu à luz a que era estéril, *
mas a mãe de muitos filhos definhou. R

6É o Senhor quem dá a morte e dá a vida, *
faz descer à sepultura e faz voltar;
7é o Senhor quem faz o pobre e faz o rico, *
é o Senhor quem nos humilha e nos exalta. R

8aO Senhor ergue do pó o homem fraco, *
be do lixo ele retira o indigente,
cpara fazê-los assentar-se com os nobres *
dnum lugar de muita honra e distinção. R


Segunda Leitura
-
-

Aclamação ao Evangelho
Cf Lc 2,19
R    Aleluia, Aleluia, Aleluia.
V   Bendita é a Virgem Maria,
    que guardava a Palavra de Deus,
    meditando-a no seu coração. R


Evangelho
Lc 2,41-51
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas
41Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa. 42Quando ele completou doze anos, subiram para a festa, como de costume. 43Passados os dias da Páscoa, começaram a viagem de volta, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem. 44Pensando que ele estivesse na caravana, caminharam um dia inteiro. Depois começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. 45Não o tendo encontrado, voltaram para Jerusalém à sua procura.
46Três dias depois, o encontraram no Templo. Estava sentado no meio dos mestres, escutando e fazendo perguntas. 47Todos os que ouviam o menino estavam maravilhados com sua inteligência e suas respostas. 48Ao vê-lo, seus pais ficaram muito admirados e sua mãe lhe disse: “Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura”. 49Jesus respondeu: “Por que me procuráveis? Não sabeis que devo estar na casa de meu Pai?” 50Eles, porém, não compreenderam as palavras que lhes dissera.
51Jesus desceu então com seus pais para Nazaré, e era-lhes obediente. Sua mãe, porém, conservava no coração todas estas coisas.
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.


Próprio dos Santos - Comentários
Imaculado Coração de Maria e dia de Santo Irineu
Celebramos a memória do grande bispo e mártir, Santo Irineu que, pelos seus escritos, tornou-se o mais importante dos escritores cristãos do século II. Nascido na Ásia Menor, foi discípulo de São Policarpo, que por sua vez conviveu diretamente com o Apóstolo São João, o Evangelista.
Ao ser ordenado por São Policarpo, Irineu foi para a França e assumiu várias funções de serviço à Igreja de Cristo (que crescia em número de comunidades e necessidade de pastoreio). Importante contribuição deu à Igreja do Oriente quando foi em missão de paz para um diálogo com o Papa Eleutério sobre a falta de unidade na data da celebração da Páscoa, pois o Oriente corria ao risco de excomunhão, sendo fiel ao significado do seu próprio nome – portador da paz – logrou êxito nessa missão, já que isto nada interferia na unidade da fé.
Ao voltar da missão deparou-se com a morte do bispo Potino, o qual o havia enviado para Roma e, sendo assim, foi ele o escolhido para sucessor do episcopado de Lião. Erudito, simples, orante e zeloso bispo, foi Santo Irineu quem escreveu contra os hereges, sobre a sucessão apostólica e muito dos dados que temos hoje, sobre a história da Igreja do século II. Este grande bispo morreu mártir na perseguição do imperador Severo.
Santo Irineu, rogai por nós! Amém.
                                                                                                                               
  Site criado em 2010 por Teixieira - Copyright ® 2010 - Rio de Janeiro/RJ